Páginas

Minhas Aventuras

"After climbing a great hill, one only finds there are many more hills to climb"
Nelson Mandela

sábado, 16 de junho de 2012

Relato Haka MTB 2012 - 4ª etapa - SBS - pasto-pushbike-subida - SBS

4ª etapa - a curta e grossa!

Já tinha comentado com o Xuxa: a largada da 4ª etapa denuncia a dureza do Haka. Muito menos gente do que no primeiro dia, talvez apenas 50% das equipes. Bike quebrada, lesão, chateação com o problema do dia anterior e cansaço eram alguns dos motivos disso.

E o lema Haka: "quanto mais curto, pior"!! Yes...


Esse dia eu judiei do Japa sem dó nem piedade rsrs trator foi feito pra levar a carroçinha e Aaai dele se pedalasse longe de mim! Ainda consegui aliados para me defender!! Sempre que ele abria a gente atasanava a vida do Xuxu.

O mais legal desse dia foi estar junto dos nosso amigos e parceiros de treino Mandetta, Rafa Men e Paulão e o maior privilégio de todos, de estar perto da Adri Nascimento e ganhar algumas dicas. Todos me ajudaram muito. Não era fácil acompanhar o ritmo do Xuxa e eles sempre me incentivando, apoiando e me ajudando a levantar dos tropeços e escorregões.


Olha, foi show de bola, eu fico emocionada até hoje de lembrar do amparo que recebi! Obrigada turma!

A dupla Raquel + Humberto pra variar pedalando muito forte e não dando moleza pra gente nas subidas! Estávamos juntos quando começou o pasto.

A cereja do bolo do push bike foi um morro íngreme que doia as pernas. O rei dos baixinhos me salvou dessa, subiu rapidinho, deixou a bike dele e voltou pra resgatar a meio metro aqui. Nesse momento conseguimos abrir um pouquinho da dupla. Fim do pasto, partiu pro downhill e pra alegria. Era "só" giro forte no [falso] plano até o final!

As pernas já estavam cansadas e o desgaste dando as caras. Nem sempre era possível colocar potência para engolir os topzinhos, mas a motivação estava no máximo e a gente não deixou o motor afogar.

Cruzamos a linha de chegada em primeiro lugar na categoria, eu mais uma vez fui a primeira mulher a chegar e ficamos em 14º lugar na colocação geral!!!
Que conquista!!! Que orgulho!!!




Agora sim podemos dizer que estamos caminhando rumo Brasil Ride! :)

Xu, obrigada por tudo!! Você é um monstro alienígina cuja fisiologia é inexplicável mas isso não tira todo seu mérito hehehe =p com certeza vamos evoluir muito juntos se seguirmos nesse caminho. Essa é a parceria. Parabéns e obrigada!!!

--
relato 1ª etapa
relato 2ª etapa
relato 4ª etapa

Relato Haka MTB 2012 - 2ª etapa - Campos do Jordão - SBS

2ª etapa - O dia do ZIG - ZAG!

O segundo dia do Haka MTB é o mais longo, são aproximadamente 75km e é o dia do famoso Zig-Zag.

Quem pensa que por ser uma "descida" de Campos até SBS, fique tranquilo, a organização escolheu a dedo quais serras inserir no percurso!


Quem já conhecia o percurso sabia da importância de largar no pelote da frente, pois nos primeiros kms atravessamos uma trilha bem técnica que se não tiver a devida concentração e foco fica difícil passar sem descer da bike [meu caso]. E aí trava e fica ruim...

Nesse trecho a dupla Raquel + Humberto tentou uma estratégia para ganhar alguma vantagem sobre nós mas não deu muito certo, pois o Xuxa entrou no meio dos dois e quando acabou a trilha estávamos próximos. E aí começou a decida, que é a minha praia e atacamos. Sabíamos que descida era o ponto fraco deles então aproveitávamos cada uma delas para tentar ganhar alguma vantagem.

Começamos então uma busca pela outra dupla, Keka + Leo que já tinham aberto de nós. Precisávamos ultrapassá-los antes do Zig-Zag porque a Keka é campeã de downhill e com certeza ia apavorar lá! E não foi muito diferente disso... nós conseguimos ultrapassá-los antes do km 30 em uma subida, mas no ultimo trecho do Zig-Zag eles nos passaram com tudo! Foi muito louco porque eu jurava que aquilo era impedalá-vel [muuuuuuuuuuuuuuuuita mas muuuuuuuuita lama, terreno argiloso e escorregadio + buraco formado pelas motos que passam por lá, ou seja, foi um inferno!] mas os dois estavam em suas bikes dominando aquela descida, no maior jeitinho e paciência, só que socando bota e deixando a gente comendo poeira argila.

E eu parecia uma retardada correndo com a bicicleta no ombro derrapando de um lado, abrindo espacate pra outro, tropeçando etc... E o Xuxa tb hehehehehehehehe [teve um escorregão dele digno de video cassetada kkkkk]. Aliás, obrigada parceiro pela paciência que teve [ou não né, é que vc num teve escolha!! rsrs]. Eu segurei mto a gente nesse trecho por falta de experiência, prejudiquei a equipe.

Bom, essa ultrapassagem nos custou caro, pois tivemos que unir T-O-D-A-S as forças pra conseguir alcançar a "fuga"! Eles não estavam pra brincadeira e a gente teve que pedalar muito forte pra chegar neles.


Alcançamos, pedalamos um tempo juntos e nos preparamos para a serra final que estava por vir, seria nossa chance. Era bem íngrime, algumas pessoas preferiam subir caminhando forte [um cara fez isso e me passou!] do que pedalando. Nós pedalamos. Demorou mas quando acabou, uuuufa, downhill para a nossa felicidade. Socamos bota ladeira abaixo e conseguimos completar mais um dia de prova em primeiro lugar, e eu fui a primeira mulher a cruzar a linha de chegada. Weeee valeu Japa-boy! Nois capota mais num breca!
Chegada. Esgotados!
Vitória mto celebrada, disputa emocionante!!
 Video da Keka e do Leo do segundo dia de prova!


--
relato 1ª etapa
relato 2ª etapa
relato 4ª etapa

Relato Haka MTB 2012 - 1ª etapa SBS - Luminosa - SBS

Do dia 7 ao dia 10 de Junho, durante o feriado de Corpus Christi, aconteceu o Haka MTB 2012, prova de MTB com 4 etapas com base na cidade de São Bento Sapucaí, passando por Gonçalves, Luminosa, Sapucaí Mirim, Campos de Jordão e váaaarias serras famosas.

Quilombo, Trilha do Zig-Zag, Subida/Descida do Paiol, Palacio, Minalba etc... O pessoal falava o nome das serras como se fosse o quintal de casa e dando uma grande importância a elas. Eu, novata, entendia o tamanho da encrenca pelo tom de voz na hora de falar o nome da tal da subida. Outra q tb teve mto: "Ah, mas vai subir ou descer a serra tal". Para 99% das perguntas a resposta era subir, claro.


Como já disse antes, sou apaixonada por montanhas. Quando elas começam a aparecer no cenário vem uma sensação de plenitude, fico feliz por estar a caminho. Elas nos aguardavam.


A cidade estava se preparando para as comemorações do feriado, toda enfeitada. O povo lá é bastante festivo!!

Na quarta feira demos um giro para "soltar as pernas" [entre áspas pq o Xuxa levou a gente pra Subida do Paiol hahaha] aqui [youtube]

 Em seguida ele me cedeu uma entrevista, na qual deixou bem clara suas intenções pra prova... [not] aqui [youtube]

1ª etapa: só subida!

Fuóooooooooo [corneta do Leo]. Largamos de São Bento Sapucaí em comboio até sair da cidade. Vruuuuummm motocicletas aceleram e começa a prova!

O tiro inicial é sempre duro pra mim. Já para o Xuxa... parece que soltou o leão faminto da jaula! O bixo sai para o tiro da morte! Me arrastou todo começo de prova, o que rendeu algumas camisetas descosturadas rsrs

Logo no comeco da primeira subida conhecemos nossos principais concorrentes: Leo + Keka e Humberto + Raquel Gontijo. Ô turma bruta sô! Os mineiros estavam vindo com tudo!!!




A primeira subida mais curta e muito ardida, a segunda subida mais longa e menos inclinada, porém extremamente técnica por causa das condições do solo - completamente elameado por causa da chuva.

Houve um momento em que tive que parar para tirar lama da minha bike, pois ela simplesmente não andava mais. Outras vezes sem descer da bike mesmo coloquei os dedos entre o pneu e o garfo para tirar blocos e blocos de sujeira.

Também tivemos que transpor trechos com a bike nas costas [nessas horas ou pedala ou carrega a bike, arrastá-la só vai fazer acumular mais lama - dica da mestra Adri].

Comecinho do trecho de lama
Essa subida realmente parece não acabar nunca, quando acabou a lama começou uma 2ª parte, um zigzag com boa inclinação. Próximo ao topo avistamos o apoio indicando o início da descida, hora da diversão.

Ameaçou chover, neblina master, cuidado redobrado. E partimos morro abaixo, despencamos! É uma isometria intensa de alguns minutos em cima da bike, duro! Dói! E com muita pedra solta no caminho.

Caimos no asfalto no meio do Paiol, aí só diversão até o final, mas sempre firme, qualquer bobeada poderia colocar em risco todo esforço que fizemos para mantar a liderança da prova.

Fechamos o dia com 3h48 segundo meu garmin [não confere com tempo oficial] e em 1º lugar na categoria dupla mista!

Ganhamos a touca amarela de líderes da etapa!
Para garantir, tomei vermífugo depois da prova, da pra imaginar pq né..
Pernito novo!
Aqui um vídeo muito show feito pela Keka e pelo Leo! Essa dupla deu uma canseira na gente, mto fortes, experientes e raçudos! Muito bom competir com eles, nos deixou com mais orgulho ainda do nosso desempenho e parceria.



--
relato 1ª etapa
relato 2ª etapa
relato 4ª etapa

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Apoio KAILASH

A partir de agora a equipe Gorgeous/Adri Nascimento conta com o apoio da Kailash para nossas aventuras e treinos!

Agora sim estamos bem equipados e prontos pra enfrentar os 870km q temos pela frente em Compostela!


Caminho de Santiago de Compostela - Brasil Ride, Here we go!

Neste domingo eu e o Xuxa partimos para a Espanha para um pedal de 870km pelo Caminho Francês de Santiago de Compostela.


Será o início dos treinos de volume para o Brasil Ride.

O objetivo é colocar tudo em ordem, parceria, ritmo, pernas, mente e alma! E, claro, aproveitar para conhecer novos lugares. O Xuxa já esteve por lá, vai fazer o caminho pela segunda vez. Pra mim é tudo inédito.

Vem com a gente!! Vamos blogar por aqui, pelo facebook [viviane favery costa e ricardo tamaoki - xuxa], pelo instagram [vivianefavery e rtamaoki] e pelo twitter [@vivicosta].

Hasta!

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Haka MTB 2012 - WIN!!!

WIIINNN!!! Ganhamos o Haka MTB 2012!!!! Categoria dupla mista, eu e meu parceiro-trator Xuxa.


Enquanto as fotos não chegam para eu fazer um post bem legal, segue um aperitivo do que foi o segundo dia [video feito pela fera do downhill Keka].

Podium cheio de feras, corrida disputada do começo ao fim!
Depoimento separado por etapas:
1ª ETAPA
2ª ETAPA


terça-feira, 5 de junho de 2012

Parque Burle Marx - Trilha em SP

Aproveitei o treino solto de corrida que tinha outro dia para conhecer novos lugares por SP e o local escolhido foi o Parque Burle Marx.

Nunca tinha ido lá e não sabia o que esperar, mas superou todas as expectativas.

- Fácil de parar o carro (e o carro fica perto caso precise passar lá pra pegar algo). Obs: o estacionamento é cobrado!
- Há bebedouro na volta
- Há banheiros
- Trilhas que sobem e descem, lindas, árvores, pássaros e pouca gente.


Perfeito para um treino solitário, solto, desligado de tempos e velocidades e comprometido apenas com o prazer de estar correndo.

Dica: deixe o Garmin em casa.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Riding Bliss #4

What motivates me is knowing that riding will always take me further, in all ways.

Big Biker 2012 - 2ª Etapa - Taubaté

A 2ª etapa do Big Biker acontece em Taubaté e tem uma característica de ser menos técnica e exigir mais do coração do atleta. A prova tinha 91km de extensão e meu garmin acusou mais de 2.000 mts de ascensão.

Eu e o Xuxa focamos muito para fazer uma boa prova, pois o perfil dessa etapa não favorecia nossa equipe. Temos boas habilidades técnicas mas eu ainda estou desenvolvendo minha base no pedal, tenho pouca experiência e uma prova longa que exige tanto esforço seria um grande teste pra mim. Além disso, o que dita o ritmo também são os adversários, e eles são todos muito fortes e também estavam prontos pra fazer muita força!

Diferente da primeira etapa, dessa vez eu estava mais enturmada e o alinhamento pra largada foi um encontro de amigos e reunião de boas energias. E foco. Nós estávamos com nossa estratégia definida e sintonia afinada.


O trecho entre a largada e a re-largada foi um bom aquecimento de parceria, o Xuxa foi atrás conversando comigo e eu nem sempre precisava responder verbalmente para ele ver que eu estava ouvindo e captando.

Re-largada feita, começa a prova! Aqui um "desenho" do que tínhamos pela frente:



Foi duro encaixar o ritmo de prova e contei com muita ajuda do meu parceiro para encontrar potência naquela loucura, tanto fisicamente quanto nos toques que ia me dando.

Alunos da Adri sobem juntos a primeira dura serra
Na hora da prova nem damos conta da beleza da paisagem
O primeiro ponto de água caiu como uma luva, joguei muita água na cabeça e era o que eu precisava para conseguir atacar. Simbora! Tinham 2 duplas mistas muito fortes na nossa frente, precisávamos chegar neles! Claudinha Tolendall e o Rodrigo Mini e a dupla de Terezópolis.


Ao longo da prova nossa estratégia e parceria se mostrou tão ou mais forte quanto nossas perninhas que haviam treinado muito para esse dia e fomos aos poucos alcançando os adversários.

Foto Mari Ignatios
Mas a prova era longa e qualquer deslize podia colocar tudo em risco. Fomos com muita cautela e sem deixar de acelerar um segundo se quer.

Foto Mari Ignatios
Uma coisa muito legal que aconteceu foi que andamos boa parte da prova perto do Tadeu Malavazzi e seu parceiro Eduardo. O Tadeu é meu dupla no GP Ravelli. Foi muito bacana esse encontro, um torcendo pela equipe do outro.
Dupla monstrinha Tadeu e Edu
E com 4h19, um sorrisão no rosto e muita satisfação concluímos os 91km mais duros e emocionantes da minha vida!
Foto Prof. Arnaldo
Até a adrenalina baixar e começar a voltar ao estado normal, vivi um momento de êxtase louco, chorava e ria e tudo que eu via, o mundo e as pessoas eram o tesouro no fim do arco íris! Maluco assim...

Esse pódium num tava fraco não!!!
Olhando a classificação geral nos deparamos com um excelente resultado. Fui a segunda mulher a cruzar a linha de chegada na categoria Pró! Com certeza seria a terceira se a corrente da Dani Genovese não tivesse quebrado, mas estamos todos sujeitos a esses problemas.

Já recuperados da prova, estamos agora nos preparativos finais para o Haka MTB que começa nesta quinta feira em São Bento Sapucaí. 4 dias de puro MTB com mais de 220 KM pela Serra da Mantiqueira. Um ótimo treino para o Brasil Ride - faltam 111 dias!!!
Fiz essa prova - Haka MTB - no ano passado [foi minha primeira prova de MTB] e apesar da dureza, a diversão é garantida. Só vamos torcer para não chover!!!

E depois disso, que venha a 3ª etapa do Big! Estas serras nos aguardam:





Obrigada a todos que torceram e apoiaram a nossa equipe. Adri Nascimento, Pedal Power, amigos de treinos, mamis, papis e claro ao Xuxa, valeu japa!