Páginas

Minhas Aventuras

"After climbing a great hill, one only finds there are many more hills to climb"
Nelson Mandela

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

A BRUXA dentro de mim!

Não, não fui inspirada pelo dia das bruxas, festividades de halloween ou mesmo pela minha treinadora Adri Nascimento, carinhosamente apelidada de bruxa-mãe por seus alunos.
 
Fui na verdade inspirada pela corredora de ultramaratona [a pé] Jenn Shelton que foi uma das protagonistas do livro Born to Run do Christopher McDougall. Ele descreve uma menina serelepe, livre, desencanada, que se diverte correndo, mas correndo muito... e rápido.

Não conheço mais nada sobre ela [nem se quer me dei o trabalho de procurar uma foto para saber como ela é!], mas a narrativa do McDougall me inspirou.. e copiei o apelido que ele deu pra ela - La Brujita - e batizei minha bike.

E desde que a Brujita chegou, só me surpreendi... principalmente com o que eu SINTO por ela.

Pois é... conversando com uma amiga ontem sobre essa questão de termos SENTIMENTOS por nossas bikes [que - convenhamos - não é algo tão normal], constatei que eu realmente sinto amor pela Brujita.

Mas como assim?? Da onde vem isso??

Conectei alguns pontos... 
Percebi que espelhei/personifiquei minha criança interior na Brujita.  
Fiz dela meu lado criança - ou adulto - o meu lado que é [e então pode ser] serelepe, fanfarrão e entrépido.

Com a Brujita, aprendi a ser mais eu, pude me assumir e me aceitar!

Essa bicicleta foi a ferramenta que organizou meu potencial e me transformou.

Descobri que esse amor que sinto na verdade é um sentimento que nasceu por mim mesma.

E então entendo que tenho uma bruxinha dentro de mim, e é como se ela tivesse passado anos a fio fazendo uma zona, causando o caos, voando insistentemente por todos os lugares possíveis  à procura de sua vassoura... até descobrir que o seu modelo vem com duas rodas, duas suspensões e tem freio à disco.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário