Páginas

Minhas Aventuras

"After climbing a great hill, one only finds there are many more hills to climb"
Nelson Mandela

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Training Camp Caminho da Fé - Rumo Tour de los Andes

Dessa vez não tirei muitas fotos. O motivo é simples: foco.

Faltando 3 semanas para uma das provas mais especiais que provavelmente farei [falo dela AQUI], tinha muito claro na cabeça que queria aproveitar o momento para focar no treino e - principalmente - em mim

Pausas para foto, entrevistas, brincadeiras e afins não faziam parte do programa [durante o pedal - que isso fique bem claro! Depois do banho e do alongamento eu me considerava livre para atasanar o Waltinho o quanto quisesse!].

Foi assim que fui para o Training Camp do Caminho da Fé organizado pela Adri Nascimento.

Essa foi minha primeira vez no famoso caminho. Quem pratica MTB já pelo menos ouviu falar nele. Ele é muito duro, com poucos trechos planos e com trechos de subidas BEM inclinadas. É um ótimo percurso para treino.


Freezer da Pousada

Além disso, sem dúvida é um lugar perfeito para uma peregrinação. No primeiro dia (Águas da Prata - Ouro Fino) fiquei sem palavras por vezes ao me deparar com a beleza da paisagem. Lembranças da minha peregrinação em Santiago de Compostela me bombardearam. Como foi especial, e como o Caminho da Fé também é maravilhoso!

Cruzamos com mais peregrinos do que provavelmente esperávamos. Com seus cajados, capas de chuva, sapatos apropriados e a mochilona nas costas. Aqui eles dizem "tenha fé". Em Compostela se diz "Buen Camino!".

Depois de 74km e mais de 1.500 acumulado, chegamos em Ouro Fino a tempo de um almoço gostoso. Isso é algo que é preciso ficar atento ao fazer esse percurso: os restaurantes fecham (logicamente). Quem está acostumado com cidade grande que a toda hora tem opção de onde comer pode ser surpreendido com isso.

Chegada em Ouro Fino - o Meino da Porteira
No segundo dia partimos de Ouro Fino e seguimos rumo Estiva. Dá uma olhada nesse mapinha de altimetria. Você vê algum plano aí?


Partimos para a peregrinação.
Nesse dia constatei o tamanho da beleza natural que temos tão perto de casa... é de tirar o fôlego! A mantiqueira é muito especial. Pra mim, virou uma rainha, Rainha Mantiqueira. Segundo um amigo, Mantiqueira significa montanha que chora, pois brota água do chão!

As subidas eram ardidas. E muitas delas eram combos de tops inclinados, uma sequência "quebra-perna". Vez ou outra tive dúvida se conseguiria chegar até o fim e fui surpreendida pela minha paciência de aguentar firme até acabar.

E da mesma forma que sobe, DESCE. Pra caramba! Em determinado momento precisei aliviar os freios para dar tempo de esfriarem. Importantíssimo ficar à direita nas descidas pois a todo momento carros aparecem do nada no sentido oposto (eles adoram aparecer bem na curva!). 

Nesse segundo dia foram 72km com 2.000mts acumulados. Deu pra dar uma "empenada". rsrsrs Nesse dia todo mundo se apaixonou pelo meu rolo de massagem, o rolo é santo!

Enquanto aguardávamos ansiosamente o início do jantar na pousada (perdemos o almoço) resolvemos preparar as bikes dos amigos para o dia seguinte...

Bike do Waltinho
No terceiro dia tínhamos como missão seguir pelo Caminho da Fé até Paraisópolis e lá juntar toda turma, pois sairíamos do caminho de peregrinação rumo São Bento Sapucaí, onde o ônibus nos aguardava para voltarmos pra SP.

Esse dia foi mais tranquilo, a altimetria colaborou e o clima também. Nublado - melhor impossível.

Ladies
Abastecendo!
Na praça de Paraisópolis
Igreja Matriz de Paraisópolis
Pedalaaaaando
Minha aventura só terminou mesmo quando cheguei em casa no domingo e consegui re-montar minha bike sozinha! Não que eu não soubesse, já tinha feito a operação monta-desmonta algumas vezes, mas a roda de traz sempre era um desafio, e sempre tinha alguém ali pra me ajudar. Só para tirar a roda na hora de guardar no mala bike tinha gasto uns 30 min fácil! hehe Aí na hora de montar bati meu PR! Em 5 minutinhos já tinha vencido meu desafio! Weeeeeeee


Então é isso pessoal. Hoje estamos há exatas 2 semanas de embarcar pra Patagônia. Me sinto preparada  para a prova, e sei que nem posso imaginar o que me aguarda, pois minha dedicação anda tão intensa que tenho me surpreendido comigo mesma.

São tantos detalhes para ver em relação à logística que ainda não tive tempo de sentir a ansiedade pegar, mas tenho certeza que o frio na barriga vai aparecer mais cedo ou mais tarde!

LEGIONÁRIAS ADRI NASCIMENTO RUMO BARILOCHE!!!

Essa minha aventura com a Dri no Tour de los Andes é patrocinada pela Caçula de Pneus.

Também agradeço à própria Adri pela parceria, aos Mantiqueira que tem me ajudado nos treinos e aos meus apoiadores GORGEOUS, KAILASH e GU. VALEU!!!

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Drops de felicidade

Já toquei no assunto, até criei uma hashtag pro blog [Riding Bliss], que pode ser traduzida também como "Drops de Felicidade".

Do que se trata? Bom, fazendo uma análise mais espiritual, é algo como o encontro com o divino, que nos dá sensação de plenitude, de que vivemos no bem

Por um instante, não existem problemas, dificuldades, tristezas... tudo é pleno, bom, rico... todos pontos se conectam e a vida faz sentido.

Uma vida vivida com significados te oferece drops de felicidade [para serem "saboreados" sem moderação].

São diversos os momentos em que sorrimos para o além, falamos sozinhos numa boa, discutimos sobre o que é melhor: pastel frio, pizza amanhecida ou macarrão requentado?

São momentos em que não há padrão nem julgamento. Há espaço de sobra pra espontaneidade. São momentos que apenas somos!

Eu acredito na felicidade, e que uma de suas formas é essa: "drops" de felicidade.

Fazendo uma analogia... assim como uma bala ("drops"), dá para saborear intensamente enquanto ela se derrete na boca, e vira açúcar - pura energia para o corpo.

A diferença é que o Drops de Felicidade dá energia para a alma, e não se compra: se conquista.

Vivemos aventuras, enfrentamos medos e desafios, saimos do aconchêgo, do perímetro seguro, enfrentamos frio e calor intensos, solidão, incertezas, desconforto... a gente se joga nas paixões, nos amores, na vida... E ela nos presenteia com... drops de felicidade!











Fica esperto, as vezes a gente nem se toca que ganhamos mais um drops. :-)

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Nome novo: VIVI AVENTURAS

Os mais distraídos talvez nem percebam, mas meu blog mudou de nome! Se chamava Minhas Aventuras e agora ele ganha um novo formato (na minha opinião - mais legal): Vivi Aventuras.

As aventuras continuam sendo minhas, mas também podem ser suas, nossas...

Mantenho nossa conversa semanal, compartilhando minhas viagens, treinos, provas, divagações, dicas, pensamentos...

E vou adorar receber histórias de vocês para colocar aqui, entrem em contato comigo!

Além do blog, também apareço no portal Armário Feminino com a coluna Vivi Aventuras e um programinha com o mesmo nome. Estamos gravando 3 quadros:
  • Será que eu consigo? - Desafios ao vivo (primeiro episódio em breve!!!).
  • De bike com a Vivi - Entrevista com especialistas das mais diversas áreas que diretamente ou indiretamente estão ligadas ao esporte.
  • Diário de bicicleta - Como se fosse um relato do blog, só que em vídeo.
Que tal? Gostam do novo nome?

Feliz 2013 pessoal!

Vivi.


Twitter @vivianefavery
Insta @vivianefavery
#viviaventuras

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Legionárias Adri Nascimento - Rumo Tour de los Andes

Como já anunciei, tenho uma bela aventura pela frente: uma prova em dupla com a Adriana Nascimento.

A Dri é uma das bikers mais respeitadas do Brasil, possui mais de 20 anos de carreira e incontáveis títulos, entre eles o de 9x campeã Brasileira de Mountain Bike.

Nesses 20 anos, ela participou das competições de ciclismo, mountain bike e corrida de aventura mais importantes do mundo e com toda rica experiência que acumulou, hoje tem como foco sua assessoria, na qual cuida pessoalmente e cuidadosamente da planilha e dos treinamentos dos alunos (incluindo eu!).

Difícil encontrar uma palavra que descreva essa oportunidade que estou tendo... por enquanto só consigo pensar em "ANIMAAAAAAAAAAL"!!!!!

E vou relatar aqui os passos dessa experiência, começando agora!

Nesse fim de semana farei um treino específico em Campos do Jordão.

A teacher deu todas as coordenadas e recebi um email "lindo" com a altimetria do percurso (75km, 1.350+).

O treino acontece com chuva, com sol de rachar, com frio ou com dor de barriga. Temos que estar prontos para enfrentar condições adversas nas provas, essa é a missão de um Legionário!

Além do preparo físico, também tem o preparo mental. Acertar a cabeça para ter a motivação certa é fundamental para evitar stress e desgastes desnecessários. E curtir cada segundo da prova - e do evento como um todo!

Também estou aprendendo a melhorar minha percepção de esforço sem ter que olhar a frequência cardíaca ou alguém ter que me falar que estou indo rápido ou devagar demais. Saber sentir o rítmo - e respeitar sua medida - é quesito chave em uma competição. 


A prova que vou fazer com ela, a TOUR DE LOS ANDES, é de 3 dias e acontece em Bariloche, na Patagônia Argentina (ou, como diz uma amiga, vou competir no Paquistão rsrs). 

Serão 166km num cenário lindo e num espírito delicioso que promete reunir o melhor do mountain bike.

Fiquem de olho. Vem mais coisa pela frente!

Para esta aventura, conto com o apoio Caçula de Pneus, Tour de los Andes, GU / Honey Stinger,  Gorgeous Eventos, Portal Armário Feminino e Assessoria Adri Nascimento

sábado, 5 de janeiro de 2013

Tudo menos Bike!

Assim foi minhas férias!

Pensei muito se deveria ou não levar a magrela comigo pra praia. 
Mas aí pelo trabalho de carregá-la e a judiação que seria, decidi tirar férias dela também.

Confesso que fiquei meio sem saber o que iria fazer lá então... não sou muito de curtir praia... 

Mas sabia que daria para fazer alguns trekkings legais, e então me equipei pra isso.

E fiquei MUITO animada quando descobri que a Lica tinha levado slack line e frescobol. Ufa! Vai ter bastante coisa pra fazer.

Até que os meninos chegaram e, com eles, a notícia mais empolgante: levaram um caiaque! UAU! Uhul!

Pra completar, a Su ainda comprou uma bola de voley pra gente brincar e descobrimos um lugar de alugar prancha de stand up. Estávamos feitas!

Foram 5 dias de esportes, tudo menos bike!

Dia 1 - caminhada, frescobol e slack line

Foto da Paulinha
Foto da Paulinha
Dia 2 - slack line e trekking de 16k


Dia 3 - mergulho (e algumas brincadeiras aquáticas, tipo competição de "cavalinho no espaguete" kkk)
Foto da Paulinha
Dia 4 - stand up + canoagem + caminhada + slack line

Foto da Paulinha
Foto da Paulinha

Weheeeeeee excelente! Não podia ter ficado melhor... valeu meninas! :-)

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Antes da bike...

Eu corria!

Mountain Do Campos do Jordão 2010
Mountain Do Campos do Jordão 2010
Corrida de Montanha em 2010 com minha amiga Martha

Pedal de Natal - Parque CEMUCAM

Eu e a Flavinha estávamos cansadas e queríamos fazer um pedal pelo simples prazer de pedalar.

Ela já tinha ido no CEMUCAM (Centro Municipal de Campismo) algumas vezes mas essa era a minha primeira vez.
Vista aérea CEMUCAM. Fonte: site da prefeitura de SP
O Parque recentemente ganhou um cuidado especial com plaquinhas indicando o caminho da trilha para os bikers.

Isso muda tudo, pois é possível ir sem ter alguém guiando, o que facilita e liberta a gente para ir quando quiser - inclusive sozinho [se for, cuidado redobrado!].
CEMUCAM. Fonte: site da prefeitura de SP
O programa Aventuras com Renata Falzoni na ESPN fez uma matéria lá que passou em Dezembro na TV, encontrei o resumo no site dela, AQUI. Seria legal se eu tivesse conseguido o vídeo pq mostra bem o parque, mas não achei.

O pedal lá é muuuuuito agradável

Alguns pontos:

- Super perto de SP [demoramos uns 30min]
- Fácil de estacionar [tem um estacionamento lá dentro, seguro e tranquilo - pelo menos aquele dia =p]
- A trilha é realmente sensacional, com partes que oferecem um certo nível de dificuldade e exigem domínio de técnica 
- Também exige um bom condicionamento físico, pois pelo caminho passamos por alguns tops BEM inclinadinhos.
- A distância é ideal - 7km possíveis de serem feitos entre 40-45min num ritmo moderado-leve. Quem quiser treinar mais forte pode acelerar e/ou dar mais voltas - com certeza vai cansar!
- É um lugar perfeito para treinar técnica, aperfeiçoar movimentos e ganhar confiança - e VELOCIDADE - na trilha.

No final do pedal ainda encontramos com nossos amigos da SELVA que estavam partindo para a segunda volta. Eu e a Flavinha queríamos muito ir.... se não fossem os topzinhos ardidos não teríamos pensado 2x hehe. Mas 1h30 de trilha estava de bom tamanho pra gente naquele dia.

Bom, SUPER RECOMENDO

Aproveitem esse espaço público cuidado especialmente pra nós!! E lembrem-se de MANTER AS TRILHAS LIMPAS!

O parque possui uma pistinha de aeromodelismo


Ah, antes que eu me esqueça: LEVEM e USEM REPELENTE! Insetinhos insistentes...... ;-)

Segue aqui o endereço e embaixo o site da prefeitura com mais infos do parque.

Rua Mesopotâmia, s/n (km 25 da Rodovia Raposo Tavares sentido Capital)
Jd. Passárgada - Cotia
Fone: (11) 4702-2126 / Fax (11) 4702-8404
Funcionamento: diariamente das 7h às 18h

Site: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/parques/regiao_centrooeste/index.php?p=5735