Páginas

Minhas Aventuras

"After climbing a great hill, one only finds there are many more hills to climb"
Nelson Mandela

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Constatações Pessoais


Constatações pessoais

Em nenhum momento da minha trajetória, - 27 anos vividos intensamente, me lembro de ter duvidado do meu potencial e de que poderia alcançar meus sonhos. Sim, sou ambiciosa, uma característica minha que se apontada para o bem, só me traz bons frutos. E é o que tem acontecido.
Quem me conhece há muito tempo demorou para aceitar e compreender meu novo estilo de vida, pois nem sempre estive focada no esporte, em competição e treinamento. Era um lado meu que estava adormecido, assim como uma parte do meu brilho e da minha autoestima.
Antes, levava uma vida mais normal, como qualquer jovem moradora de São Paulo. A vida social era fortemente ligada à gastronomia, bares, baladas e bebida.

Só que viver em busca de atender a expectativa dos outros durante muitos anos (sem querer, era isso que eu fazia) me esvaziou e chegou a tal ponto que tive que providenciar mudanças no meu modo de ser. Resgatei um sonho de criança, ser atleta.

Quando eu estava no colégio sonhava em competir hipismo nas Olimpíadas de 2016. Depois descobri o triátlon e queria ser como a Fernanda Keller. Também sonhava em escalar o Everest, fazer a maratona do gelo, a do deserto e a da muralha da China. E quer saber mais? Queria dar a volta ao mundo em um veleiro sozinha.

97c6ede2e1e05db3e0fdbc8e393071d4.jpg
Foto: Viviane Favery

Meu sonho na verdade era ocupar um espaço de mais peso no universo, mas isso se misturou com a grande paixão pelo esporte, o que acabou sendo a melhor motivação  para mudar o rumo das coisas.

Cresci à medida que dei abertura à prática esportiva. Quando percebi, eu já tinha deixado que ela tomasse conta da minha vida. Conforme segui meus instintos e atendi a minha verdadeira vocação, descobri que não precisava de desafios tão brutos, tão longos, solitários, sofridos ou caros, como a investida no Everest, para preencher o vazio. Conforme pedalei, me simplifiquei...
Mas continuo com meus grandes sonhos e construo a realização deles a cada dia, tendo sempre como princípio consistência, sentido e significado nos pensamentos e atitudes.
E a ambição? É o infinito. É querer usufruir ao máximo de cada momento em busca de relações verdadeiras, paisagens deslumbrantes e do silêncio de quem não tem nada a dizer, apenas sorrir.

E é isso que eu recomendo. Tenha uma ambição que te guie no dia a dia, que te dê sentido para levantar cedo, ser gentil, agir coerentemente, se cuidar e cuidar dos outros. Pense longe, pois você é capaz de chegar lá. E se tiver exagerando na dose, fique tranquila, pois o universo se encarregará de te colocar no lugar certo.
Acredite no seu sonho, ele só depende disso para se tornar realidade. Planeje, se organize e se comprometa consigo mesma. Você consegue!

137349becab2ade8a68fc86d84760f3a.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário