Páginas

Minhas Aventuras

"After climbing a great hill, one only finds there are many more hills to climb"
Nelson Mandela

sábado, 26 de outubro de 2013

Relato Maratona XCM Brasil Ride - Final do Campeonato Baiano


A largada estava marcada pra 45 minutos depois do início da 7a etapa da Brasil Ride 2013, ou seja, pude acompanhar de perto a concentração animada da elite mundial do MTB - e não tem motivação maior do que essa. A vontade de pedalar, depois de 7 dias acompanhando de perto a competição e a chegada dos atletas, era assustadora - nunca estive tão motivada. Não queria ganhar, não queria fazer tempo, não queria chegar logo, não era isso. Eu queria pedalar e pedalar, fazer força, dar o meu melhor, superar os obstáculos com precisão e deixar um rastro de alegria pelas trilhas da Chapada Diamantina.

A largada no asfalto foi forte, e durou pouco. Logo entramos à esquerda em uma estrada de terra que depois de alguns poucos kilômetros se transformou em single track. O pelotão foi embora, era hora de recuperar o fôlego para as próximas 3 horas estimadas de prova. Não vi nenhuma menina, acho que eu estava na frente.

Esse singletrack durou um sonho inteiro, e eu não estou exagerando. A trilha fluida e sinuosa permitiu olhar para além dela, era o que precisava para descobrir o que é a Chapada Diamantina. Um "cala boca", um momento de prece, a beleza na natureza, da montanha, do céu azul e do mountain bike. Êxtase. Não aguentei e expressei minha admiração. O atleta atrás de mim ouviu e compartilhou do sentimento: "Obrigado meu Deus!!!" ele disse. Eu repeti, concordei.

O apoio chegou como que para avisar o que vinha pela frente, uma subida inclinada e longa. Muitas pessoas empurravam a bike e vi que a maioria era atleta da ultramaratona, completando a 7ª etapa da Brasil Ride. Parabenizei o quanto o fôlego permitiu, são guerreiros e a força de vontade deles me motivava a ir mais.

E o percurso foi muito bem pensado: cada trecho difícil era recompensado com algo 10 vezes mais incrível: trilhas técnicas gostosas, com subidas e descidas possíveis a uma garota que ainda está desenvolvendo suas habilidades técnicas.

O single acabou em uma estrada de terra - momento para descansar os braços para o circuito do prólogo que estava por vir. Passei por meus amigos, brincamos, torceram por mim. Mais vontade de pedalar. Entrei no asfalto e logo um pelotão se formou. 2 moços valentes revezaram a frente, o que permitiu chegarmos rapidinho no próximo single. DIVERSÃO.

O segundo trecho de trilha do prólogo passa pelo parque Sempre Viva. Um dos locais mais especiais de Mucugê. Trilha em pedras, travessia de um riozinho pedalável, areião, um mix de tudo que a Chapada tem a oferecer, além de bromélias e uma vegetação particular. O trânsito de atletas não foi um incômodo, e sim uma confraternização. Respeito e parceria foi o que vivenciei ali.

O slogan "more than a race, a stage in your life" faz sentido. Fiquei com a sensação de que daqui saimos mais maduros, éticos, educados... São 7 dias que, mesmo pra quem é staff, resume tudo o que vivemos na vida, na rotina do dia-dia. É um intensivo de ver até onde o corpo e a mente podem ir. Um curso de auto conhecimento.

Durante toda prova, tinha um "filme" passando pela minha cabeça de todas as pessoas com quem convivi e trabalhei aqui - uma equipe incrível que realmente veste a camisa e forma um time que faz tudo acontecer. Cruzar a linha de chegada hoje, depois de todo trabalhdo durante essa semana e podendo vivenciar o outro lado - como atleta - foi emocionante.

Queria agradecer imensamente ao Mario e Andrea Roma, ao André Piva e à toda equipe de mídia por essa oportunidade. Me sinto privilegiada por poder fazer parte dessa equipe. Essa vitória é por todos nós.

Fotos: Eduardo Farbenfrohe
Ao fundo nosso super editor de vídeos Cássio Zerbinato
Sim, ao lado a incrível Renata Falzoni
Sem aparecer na foto, porém super apoiadores: The Boss André Piva e Albert Pellegrini.

 






sábado, 19 de outubro de 2013

Brasil Ride - Por onde eu ando

Pessoal, vim até a Chapada Diamantina e já volto :-P

Estou trabalhando na equipe de mídia da Brasil Ride, maior ultramaratona de mountain bike das Américas. São 7 dias de puro MTB nas melhores trilhas da região, percorrendo um total de 600km.

Nesse período estarei ausente do blog, mas super presente no FACEBOOK da Brasil Ride (CURTAM!) e no Insta @brasilride. Fiquem comigo, curtam, compartilhem, comentem...

Na volta eu conto tudo que vi e vivi por aqui... Songo Fipaza, Kohei Yamamoto, Rebecca Rusch, Bart Brentjens, Cristoph Sauser e muitos outros incríveis atletas que estão aqui para participar desse evento, que é muito mais do que uma prova.

MORE THAN A RACE, A STAGE IN YOUR LIFE


segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Vídeo: Klunkerz - um pouco de história sobre o MTB

Teaser do documentário Klunkerz - que conta a história do ciclismo fora de estrada (mountain bike). Foca no que ocorreu na região de São Francisco - EUA - entre os anos 1960-70.
Sempre legal saber um pouco mais sobre a história do nosso esporte.
__

Klunkerz is the award-winning documentary on off-road cycling, focusing on the San Francisco Bay Area in the late 1960s and 1970s. The film features interviews with the pioneers of the sport and the more obscure characters who influenced them. The film also contains a great deal of archival footage and photographs that have never been seen before. The film is available at www.klunkerz.com.
Ride on!

DICA: Mala pra Brasil Ride

Pessoal, post rapidinho hoje porque estou na correria, mas espero conseguir ajudar os Brasil Riders de alguma forma. Uma amiga me perguntou hoje: "por onde começo a mala"? Segue minha resposta a ela, acho que pode ajudar a muitos!!

- Comece separando o Bepantol! rsrs

- Ano passado eu comecei pela suplementação, separei tudo em saquinhos, levei as porções prontas para não ter que pensar. Imprimi o percurso de cada etapa e fiz o calculo de gel, barra de proteína e tal. O pré e o pós prova já iam em saquinhos a parte, era só chegar no quarto, rasgar e misturar com água. Saca? Faça isso, vai economizar seu tempo lá, e é menos desgaste pensando tb!

- Separe uniforme, primeira pele, top, manguito e meias - leve o máximo possível para não ter que se preocupar muito com lavagem (na pousada eles lavam, mas qto menos trampo e + vc puder focar em descansar, melhor).

- roupa pós prova: leve coisas confortáveis, calcinha confortável, top, bermudas, calças de moletom ou jeans convortável, tênis (nada de sapatinho bonitinho pq não vai usar) e chinelos. Leve pouca coisa, vai repetindo o uso..

- camisetas dry fit de manga curta e manga comprida ou camisetas confortáveis mesmo,

- tem dias que dá uma esfriada à noite, então leve moletom, malha (recomendo que TUDO seja no estilo mais esportivo possível por causa do conforto).

- meias de compressão (todas e todos os recursos que tiver serão bem vindos rsrs rolinho, stick, bolinha de massagem etc).

- muito protetor solar, sabonete, hidratante, esponja (para tirar a sujeira), alicate (sempre é util! acredite), tesoura, silver tape, fita isolante.. coisas úteis! Mas lá tem supermercado, td que vc num levar pode comprar lá.

- convém levar alguns remédios, pomadas de machucado, farmacinha básica.

Vídeo - menininho de bike indo pra escola

Assistam esse vídeo, coisa mais fofa!

Boa semana pessoal!

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

MOHM'S BAR by Ka Rombauer

EXTRA - EXTRA! 
PRODUÇÃO ESPECIAL DE MOHM'S BAR PARA A BRASIL RIDE!!!

Amigos, acredito que a maioria dos bikers de São Paulo já experimentaram as barrinhas maravilhosas MOHM'S BAR da Carol Rombauer, certo?
Quem ainda não comeu pára tudo e vai experimentar!! A Carol produz as barrinhas sob encomenda, são feitas artesanalmente e em vários sabores. É uma ótima opção para sair do convencional tanto em treinos quanto no lanche da tarde, da manhã, da madrugada, enfim...

E para quem já conhece, acabei de ficar sabendo que a Carol irá levar pra Brasil Ride e eu recomendo encomendarem antes!!!

Dica de amiga: façam seus estoques. Bate uma larica na madrugada durante a Brasil Ride e ficar comendo bolacha não rola. MOHM'S BAR é saudável, nutritivo, saboroso e ainda possui anti-oxidantes (é preciso né!).

+ infos:

Barras caseira de frutas secas com castanhas variadas. Sem glúten, sem conservantes e aromatizantes.

Alimento energético para comer antes, durante e depois da prática esportiva como também quando bater aquela fome no meio da manhã ou final da tarde.

Uma boa maneira de saciar a fome comendo algo nutritivo e saudável, que dê energia quando você mais precisa, não deixando de lado o sabor.
As barras tem cerca de 200 a 250Kcal e pesam 50 g cada. Valor unitário: R$5,00

Nasci gostando de frutas secas e castanhas. Nos natais era devoradora voraz de castanhas e principalmente amêndoas.
Foi pela necessidade de comer algo diferente e por gostar de coisas saudáveis que decidi fazer a minha barra, e vi que podia compartilhar isso com amigos.
Por ser uma chocólatra assumida, incluí o chocolate amargo e o cacau para adicionar sabor à algumas barras
Já estou trabalhando nos valores nutricionais, logo logo estará anexado.
  
SABORES

Cacao Coco Bar
Ingredientes: Tâmaras, amêndoas, Avelãs, coco desidratado, cacao

Amendoim Choc Bar
Ingredientes: Tâmaras, Amendoim, chocolate amargo 50%, quinoa

Banana Bread Bar
Ingredientes: Tâmaras, castanha do pará, amêndoas, banana passa
  
Damasco laranja Bar
Ingredientes: Tâmaras, amêndoas, damasco, suco de laranja,
quinoa, coco

Lemond Bar
Ingredientes: Tâmaras, amêndoas, castanha de cajú, suco de limão
  
Caju Choc Chip bar
Ingredientes: Tâmaras, castanha de cajú, chocolate amargo 50%

Maçã Canela bar
Ingredientes: Tâmaras, amêndoas, Cast. do Pará, canela, uva passa, maçã desidratada

Capuccino Bar
Ingredientes: Tâmaras, amêndoas, Avelãs, chocolate amargo, café e especiarias

CAROL - tel: 11 - 979-636-666
facebook: carol.rombauer
skype: carolina.rombauer